Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

A CASA DAS QUATRO MULHERES

__Para lhes relatar essa história, e para ênfase dos fatos ocorridos devo retornar no tempo, e desta feita, para esse que vos escreve, parece que foi ontem que se passou tão vívidos e comoventes fatos. Fecho os olhos e me transporto num redemoinho de pensamentos ao ano de 1961, e ali me vejo com quatro anos de idade. Desobedeço minha mãe e percorro a trilha funda que me leva à casa de meus avós a poucos metros dali. Deixei-a entretida em remendar as roupas de meu pai, e até que perceba minha ausência já estou no colo de meu avô Luis, lavrador forte e humilde que desposou a filha de Neca Baio e criou nove filhos, dentre eles somente o caçula Onofre ainda estava solteiro. Mas já aflorava-lhe os hormônios visto que arrastava asas para a filha do senhor Miguel, cabrocha bonita, de pele lisa e achocolatada que morava do outro lado da encosta.

Esta moçoila o fazia perder noites de sono. No auge de sua juventude, a menina exibia por baixo dos longos vestidos curvas que faziam o afoito rapagão…

Últimas postagens

O POTE DE OURO DO JACARANDAZINHO - DA SÉRIE CONTOS VERÍDICOS

KM 583 DA BR 262 - ONDE A MORTE PEDE CARONA!

O FANTASMA DE PALHA / DA SÉRIE CONTOS VERÍDICOS.

ADOLESCENTES, COWBOYS E UMA MULA SEM CABEÇA

____O CANDEEIRO DE MONTIVIDIU/série:Contos verídicos

PROTEÇÃO DIVINA