PADRE DONIZETTI


Pe. Donizetti Tavares de Lima nasceu na cidade de Cássia-MG, no dia 03 de Janeiro de 1882, filho de Tristão Tavares de Lima e de Francisca Cândida Tavares de Lima, teve 8 irmãos.

Quando Donizetti tinha quatro anos de idade, sua família mudou-se para a cidade de Franca-SP onde fez o curso primário e foi aprendendo os rudimentos da música.

Aos 15 anos de idade foi matriculado no curso preparatório do antigo Seminário Episcopal de São Paulo e depois de três anos cursou o Colégio em Sorocaba, voltando no ano de 1900 para o Seminário.

No dia 12 de Julho de 1908 foi Ordenado Sacerdote em Pouso Alegre-MG. Passou pelas Paróquias de São Caetano em Pouso Alegre; Jaguariúna; Paróquia de Santa Mãe de Deus; Paróquia Sant’Ana em Vargem Grande do Sul; no dia 24 de maio de 1926 foi nomeado Pároco da Paróquia Santo Antonio em Tambaú- SP  onde chegou no dia  12 de Junho do mesmo ano, foi o sexto vigário da paróquia , sua posse aconteceu no dia 13 de junho de 1926 na missa das 11 horas de um domingo.   Ele trabalhou por 35 anos em Tambaú até o  dia 16 de Junho de 1961 quando faleceu aos 79 anos de idade por complicações cardíacas.

“Pe. Donizetti tinha vida austera, sem luxo, nada de requinte. Sua aspiração era servir a Deus sobre todas as coisas. Tinha total zelo pelas crianças e idosos, mas acolhia a todos sem distinção”. (Livro Pe. Donizetti de Tambaú - José Wagner Azevedo). Possuía grande devoção e fé a Nossa Senhora Aparecida.

Na década de 50 fatos impressionantes aconteceram e que o levaram a ter fama de Santo, muitas curas foram atribuídas a ele através de sua benção.

Mesmo com o seu falecimento até nos dias de hoje milagres continuam acontecendo, muitos relatos de curas de Tambauenses e romeiros estão registrados.


Abertura do Processo de Beatificação

Em maio de 1991 foi solicitada a abertura do processo de Beatificação do Pe. Donizetti através da Câmara Municipal de Tambaú juntamente à Diocese de São João da Boa Vista.
Em 1992 no dia 21 de Fevereiro O processo foi aberto oficialmente.
Em 1996 no dia 02 de Dezembro A Congregação das Causas dos Santos, do Vaticano, conferiu ao Pe. Donizetti o título de Servo de Deus.

Em 1997 a Diocese de São João da Boa Vista constituiu o Primeiro Tribunal para trabalhar na Beatificação.

Encerramento do Processo de Beatificação na Fase Diocesana

Após de 17 anos de pesquisa e trabalho a primeira etapa foi finalizada e o encerramento da fase Diocesana foi realizado em Cerimônia Pública.

08 de Maio de 2009 foram exumados os restos mortais do Pe. Donizetti.

16 de Maio de 2009 às 17 horas iniciou - se o cortejo com os restos mortais do saudoso sacerdote que percorreu as ruas da  cidade.

Às 18 horas Dom David Dias Pimentel, Bispo da Diocese de São João da Boa Vista, celebrou a Missa na esplanada do Santuário Nossa Senhora Aparecida para milhares de fiéis entre tambauenses e romeiros.

Foi um momento de fé que emocionou a todos, até mesmo o Postulador da causa de Beatificação (Frei Paolo Lombardo, OFM), que assim se expressou: “parece até uma canonização!”, com tanta beleza e a grandiosidade do evento.

Terminada a celebração eucarística que contou com a presença de Dom Diógenes Silva Matthes, Bispo Emérito de Franca, grande número de sacerdotes, diáconos, religiosos e diversas autoridades do cenário político do país, foi instalado o Tribunal Eclesiástico para o ato jurídico de encerramento do processo sob a presidência de Dom David Dias Pimentel e demais membros da comissão para instrução do processo composto por: Frei Paolo Lombardo, OFM (Postulador da Causa), Padre Anderson Godoi de Oliveira, mps (Vice-Postulador da Causa), Pe. Celso Abreu de Jesus (Juiz Delegado), Mons. Augusto Alves Ferreira (Promotor de Justiça) e Dra. Ana Lúcia Fereira Frigini (Notária Atuária).

Findo o ato jurídico de fechamento da fase diocesana do Processo de Beatificação, os restos mortais do Padre Donizetti, que estavam em urna de acrílico, ficaram expostos para que todos pudessem ver, formou-se, então, uma fila quilométrica de pessoas que queriam tocar as relíquias do sacerdote.

Encerrada a visitação, os restos mortais do Padre Donizetti foram sepultados no mausoléu erguido no Santuário Nossa Senhora Aparecida onde permanecerão definitivamente.

 Mausoléu e Restos Mortais 

ABERTURA DO PROCESSO EM ROMA

No dia 14 de setembro de 2009 às 09h00 (Brasil) o Processo de Beatificação foi aberto, no Vaticano, na Congregação das Causas dos Santos.

29 de Outubro de 2010 a Congregação enviou a Tambaú o Decreto de Validade do Processo e no dia 21 de Janeiro de 2011 o Vaticano nomeou o Pe. Simon, Beneditino Espanhol, que trabalha para a realização do próximo passo chamado de “Positio”.

O Postular atual do Processo de beatificação do Pe. Donizetti é o Dr. Paolo Vilotta.

Toda Documentação foi aceita, tudo está conforme normas da Congregação, e está sendo estudada pela comissão nomeada pelo Vaticano.

A Expectativa é que breve o Pe. Donizetti Seja reconhecido como venerável e depois seja beatificado.
Vamos pedir a intercessão de Nossa Senhora Aparecida, junto a Deus ,  para que o andamento do Processo culmine com a elevação do Servo de Deus Pe. Donizetti Tavares de Lima aos altares das Igrejas do mundo.